Exposição – O Olhar

A Galeria Jenner Augusto, na Sociedade Semear, apresenta a tão esperada exposição “O olhar – pinturas de Adilson Santos” a partir do dia 15 de outubro, às 19 horas, sob a curadoria de Mário Britto e Irene Santino. A mostra inédita é composta de 40 quadros em óleo sobre tela que demonstram a maturidade e a versatilidade que o artista adquiriu ao longo da sua carreira.

A obra de Adilson Santos decora residências de colecionadores de arte em todo o Brasil, povoa ambientes de renomados arquitetos e decoradores na mostra Casa Cor Salvador; presente, também, em leilões de arte de leiloeiros do eixo Rio/São Paulo. Adilson Santos participa de exposições em galerias e salões, não só em coletivas, mas, também em exposições individuais. Em 2013, editou o livro “O Exercício Livre da Memória – desenhos e pinturas de Adilson Santos”, uma obra em dois volumes patrocinada pela Caixa Econômica Federal, que estará à disposição dos visitantes que desejarem adquiri-la. Faz parte da mostra a projeção de vídeos retrospectivos de exposições do artista no Rio de Janeiro, Vitória da Conquista, Salvador.

A exposição poderá ser visitada a partir de 16 de outubro, de segunda a sexta, das 09h às 18h, com entrada franca e classificação livre.

Sobre o artista:

Adilson Fagundes Santos nasceu na cidade de Poções, Bahia, em 1943. Inicia seus estudos de pintura como autodidata em 1960 e, a partir de 1962, começa a expor suas obras participando de exposições individuais nas cidades de Vitória da Conquista e Salvador, em importantes galerias de arte, a exemplo da Galeria Quirino, do Panorama Galeria de Arte e em várias mostras coletivas juntamente com outros nomes das artes plásticas baianas. Em 1969, transfere sua residência para o Rio de Janeiro intensificando sua produção de arte. Suas obras passam a ser expostas em individuais e coletivas em importantes galerias a exemplo da Irlandini, Mini Gallery, Galeria Voltaico, Galeria Marte 21, Galeria Masson, Way galeria de Arte e muitas outras. Expos em São Paulo na Galeria Grossman e na A Galeria; em Brasília participou do 3º Salão de Arte Moderna; em Niterói na Semana Euclidiana e em Recife fez uma individual, na Galeria Picasso. Em Salvador, no ano de 1992, teve suas obras expostas na NR Galeria de Arte; em 2005, participou da coletiva do Projeto Cultural Arte Sofitel da Prova do Artista Galeria de Arte, em Sauípe.

Participou de exposições internacionais como: Hannover Messe’80, no Presdwer Bank, Hannover, Alemanha, em 1980 e Semaine de l’Art Brésilien, no Hall Montréal Trust, Montreal, Canadá, em 1982. Em 2004, retorna à Vitória da Conquista onde fixa residência. Recentemente, em 2009, participou de duas coletivas da galeria Garagem 253, em Vitória da Conquista e, em 2010 foi apresentado à sociedade de Aracaju com uma individual na Galeria Jenner Augusto. Em 2013 realizou a exposição “ADILSON SANTOS, O Tempo e Eu – 47 anos de pintura” na CAIXA Cultural Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *